Olá, tudo bem? Obrigado por visitar-nos. Queremos divulgar nossa tradição não só no Rio Grande, mas aonde houver um gaúcho. Se gostares do blog, divulgue para tua lista de contatos. Aproveite a visita ao blog, deixe seu RECADO, COMENTE nossos posts, olhe nossos PRODUTOS e seja um SEGUIDOR.

Faça seu pedido

Julinho estuda reativar DTG

Olá Caro leitor, se quiseres acompanhar nossos artigos, assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!


Julinho estuda reativar DTG, mas faltam alunos interessados

O diretor do Colégio Júlio de Castilhos pretende reativar o Departamento de Tradições Gaúchas (DTG) da escola, berço do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). Segundo Antônio Esperança, que assumiu o cargo em janeiro, a principal dificuldade é cativar os estudantes para que façam parte da entidade. Algumas reuniões, porém, já foram realizadas. “Temos um grupo de alunos que pretende reerguer o DTG. Em seguida vamos reativar o espaço físico do departamento”, assegura. Foi a partir do DTG do Julinho, fundando por Paixão Côrtez e o “grupo dos oito” em agosto de 1947, que surgiu o tradicionalismo organizado. Dessa entidade, surgiu o 35 CTG e mais de 3 mil centros de tradições espalhados pelo mundo.

Entrei em contato com o diretor da escola a partir de um telefonema da Dona Nilza Lessa, que demonstrou indignação com o que considera “descaso” em relação ao DTG. Ao saber da explicação do professor, por meio do blog, dona Nilza concordou. “O tradicionalismo é a conservação do princípio família. Se a família está desagregada, é normal que o colégio esteja desagregado”, afirma. A viúva de Barbosa Lessa (integrante do grupo dos oito), porém, cobra empenho e faz sugestões para que os estudantes tomem gosto pelas tradições. “A escola deve fazer atividades voltadas ao tradicionalismo para chamar a atenção dos estudantes, convidando um poeta, um  músico de dança, para fazer encontros na escola”, propõe.

Na minha opinião, é urgente que o MTG e as secretarias estadual e municipal da Cultura se empenhem por esta causa. E o Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore também. Aliás, está aí uma boa oportunidade para o IGTF provar que está tão interessado pelas tradições gaúchas quanto pelo carnaval.


Fonte e texto: G1 - Repórter Farroupilha - Giovani Grizotti 


Neste blog, tu encontrarás notícias sobre: a cultura do Rio Grande do Sul, Semana FarroupilhaCTGrodeiobaileENARTprendapeãocavalosfestas típicasfestivais de músicaagenda de artistasturismo e muito mais... 

Você sabia? O Blog da Pithan Pilchas é atualizado todos os dias, por isso recomendo que siga nosso TWITTER (@pithanpilchas), RSS FEEDFACEBOOK ou cadastre seu endereço de e-mail para receber nossas atualizações por e-mail.
Assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!

Um comentário:

  1. Creio eu que a proposta de dona Nilza Lessa quanto a escola "incentivar" os alunos a tomarem gosto pela tradição. Pode parecer de início uma ideia meio besta mas no Florinda Tubino Sampaio,colégio em que estudo, foi realizado no ano de 2013 uma gincana na qual tivemos um sábado todo voltado para o tradicionalismo. Neste dia alunos representantes das turmas tiveram que ir vestidos de Laçador (um por turma) e cada turma também tinha o seu grupo de dança que devia dançar uma música inteira. Foi um dia muito divertido que contou com a presença de representantes de vários CTGs,o resultado disto foi que uma porcentagem de 20% dos alunos estão procurando e entrando em CTGs. O Tubino é u colégio que visa bastante essa questão da tradição,e eu agradeço por poder estudar lá e por poder ter feito parte do grupo de dança. Abraços a todos.

    ResponderExcluir

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS
COMPRE SEU LIVRO NA PITHAN PILCHAS: CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS
Related Posts with Thumbnails