Olá, tudo bem? Obrigado por visitar-nos. Queremos divulgar nossa tradição não só no Rio Grande, mas aonde houver um gaúcho. Se gostares do blog, divulgue para tua lista de contatos. Aproveite a visita ao blog, deixe seu RECADO, COMENTE nossos posts, olhe nossos PRODUTOS e seja um SEGUIDOR.

Faça seu pedido

Tratadores de cavalos

Olá Caro leitor, se quiseres acompanhar nossos artigos, assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!

Rédea solta para os profissionais

No dia que se homenageou a Revolução Farroupilha, impossível não lembrar de uma profissão fundamental para que os cavalarianos seguissem em suas batalhas e conquistas. Até hoje, os tratadores de cavalos são essenciais para manter esses animais em condições de saúde e com disposição para trabalhar ou, simplesmente, passear pelos campos.

E a boa notícia para quem está em busca de trabalho é que o mercado está procurando desesperadamente pessoas interessadas nesta profissão. Há muitas vagas abertas e pouquíssimos candidatos, segundo o presidente do Sindicato Rural de Porto Alegre, Cleber Vieira.

– Existem 180 hospedarias de cavalos na Zona Sul da Capital e, em média, há dez cavalos em cada uma delas. E, em geral, há dois tratadores em cada propriedade. É uma mão de obra carente na região – comenta.

Para Cleber, a profissão de tratador exige comprometimento e gosto pela lida com os cavalos. Entre as atividades que o profissional tem que executar, estão escovar o pelo e dar banho nos animais, levá-los para a rua e limpar as cocheiras.

– E quais são os dias em que os donos querem andar a cavalo? Sim, no final de semana. Então, tratador não tem sábado nem domingo – complementa o presidente.

Que o diga Delmar Silveira de Souza, o Neto, 26 anos. Com seis anos de experiência como tratador, hoje ele é quem administra a Cabanha e Hotelaria Figueira, no Lami. Sob seu comando, estão quatro tratadores. Neto não fez nenhum curso para começar na profissão. Os primeiros ensinamentos ocorreram em Pelotas, com cavalos de carroceiros.

– É puxado, é o dia todo envolvido. Tem sábado em que 50 pessoas vêm andar a cavalo. Ser tratador é para quem gosta – define.

“Mais leve que a construção civil”

Bem cedinho, começa a rotina do tratador de cavalos. Às 5h30min, os animais devem estar comendo e, em seguida, sendo levados para a rua, onde são escovados e tratados. Ao meio-dia, eles comem de novo – desta vez, ração em vez de pasto – e, ao voltarem às cocheiras, já limpinhas, mais uma refeição, às 17h30min.

Mesmo sabendo que essa vida é dura, Amâncio Júnior Meireles Paz, 28 anos, não hesitou em trocar a construção civil pelo trato dos cavalos. O principal motivo para convencê-lo foi a estabilidade de ter a carteira assinada. Na construção, Amâncio vivia de bicos e tendo sempre que buscar trabalho.

– Ganhava o dobro de salário, mas não vale a pena. Aqui, tenho sossego – conta.

Natural de Caçapava do Sul, Amâncio chegou à Grande Porto Alegre há dois anos, para trabalhar na construção. Acabou sabendo da vaga na Cabanha Figueira por um amigo que possui uma chácara no Lami e decidiu tentar a novidade. Há um mês, trabalha de carteira assinada e não pretende sair de lá tão cedo:

– É bem mais leve que a construção.

Trabalhe na área

* Em uma ação inédita, o Sindicato Rural de Porto Alegre receberá currículos de interessados em atuar como tratador de cavalos. Mas, atenção: só procure a entidade se você estiver realmente disposto a se dedicar aos cavalos.

* O salário para o profissional fica entre R$ 600 e R$ 700, em média. E é comum que eles morem no local de trabalho.

* Interessados devem procurar o sindicato na Rua João Salomoni, 1340, no Parque Ervino Besson, Bairro Vila Nova, em Porto Alegre. O horário de atendimento é das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira, exceto feriados.

Texto: CÁREN CECÍLIA BALDO – caren.baldo@diariogaucho.com.br

Fonte e foto: Clic RBS


Neste blog, tu encontrarás notícias sobre: a cultura do Rio Grande do Sul, CTGrodeiobaileprendapeãocavalosfestas típicasfestivais de músicaagenda de artistasturismo e muito mais...

        Você sabia? O Blog da Pithan Pilchas é atualizado todos os dias, por isso recomendo que siga nosso TWITTER (@pithanpilchas), RSS FEEDFACEBOOK ou cadastre seu endereço de e-mail para receber nossas atualizações por e-mail.
Assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!

Um comentário:

  1. Quem tem cavalos é uma grande paixão mesmo!
    A minha irmã tem uma PSI com Arabe, linda e cor de Coca Cola. E tem temperamento! rssss

    Beijos

    ResponderExcluir

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS
COMPRE SEU LIVRO NA PITHAN PILCHAS: CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS
Related Posts with Thumbnails