Olá, tudo bem? Obrigado por visitar-nos. Queremos divulgar nossa tradição não só no Rio Grande, mas aonde houver um gaúcho. Se gostares do blog, divulgue para tua lista de contatos. Aproveite a visita ao blog, deixe seu RECADO, COMENTE nossos posts, olhe nossos PRODUTOS e seja um SEGUIDOR.

Faça seu pedido

Tafona da Canção Nativa

Olá Caro leitor, se quiseres acompanhar nossos artigos, assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!
Inscrições para a 21.ª Tafona de Osório

Atenção compositores: estão abertas até 30 de abril as inscrições de músicas inéditas para a 21.ª Tafona da Canção Nativa, que será realizada em Osório, dias 27 e 28 de maio. O festival garante uma boa ajuda de custo - R$ 3,5 mil por classificada, e premia trabalhos em duas linhas: de Manifestação Riograndense e Pesquisa Litorânea. Abaixo o regulamento e ficha de inscrição, fornecido pela prefeitura.

*REGULAMENTO - 21.ª Tafona da Canção:
Através da Tafona da Canção Nativa, músicos, compositores, cantores e pessoas ligadas à cultura do litoral e do Rio Grande do Sul, buscam participar de atividades que cultuam as nossas tradições, com ênfase especial ao folclore, usos e costumes dos gaúchos, de suas danças, expressões artísticas, valorização do homem do campo e do Litoral e as manifestações típicas de todo o RS.

A Tafona da Canção Nativa é um evento de cunho artístico, social e cultural, o evento tem uma dimensão de nível estadual recebendo composições musicais de todos os recantos do Rio Grande do Sul. A Tafona oferece a todos os músicos e compositores, a oportunidade de divulgar suas composições e seus talentos.

REALIZAÇÃO – OBJETIVOS
-Art. 1º - A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Osório, através da Secretaria de Desenvolvimento e Turismo, com Produção do CTG Estância da Serra. 
Parágrafo primeiro: Foi constituída uma Comissão Organizadora para realizar o evento.
-Art. 2º - A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA tem entre seus objetivos a valorização da cultura musical gaúcha, através da participação de músicos, letristas, intérpretes e arranjadores. 
-Art. 3º - A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA será realizada nos dias 27 e 28 de maio de 2011, no Parque de Rodeios Jorge Dariva, na cidade de Osório/RS.
-Art. 4º - A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA estabelece as linhas musicais: MANIFESTAÇÃO RIOGRANDENSE e LINHA DE PESQUISA LITORÂNEA.
Parágrafo primeiro: Na Linha de Manifestação Riograndense, as composições devem enfocar usos, costumes e as lides campeiras do Rio Grande do Sul, representando as origens culturais gaúchas, tanto na letra, como na melodia e nos instrumentos musicais utilizados.

-Parágrafo segundo: Na Linha de Pesquisa Litorânea, o autor deve abordar, obrigatoriamente, na letra, aspectos identificados à cultura litorânea, seja por sua história, seu folclore, sua musicalidade ou aos usos e costumes do litoral norte. 
-Parágrafo terceiro: Os autores deverão indicar na Ficha de Inscrição a linha na qual pretende ver sua obra concorrendo. Caso não o façam, a Comissão Avaliadora tem total liberdade para enquadrá-la na mais apropriada dentre as duas Linhas previstas neste regulamento.

PARTICIPAÇÃO – INSCRIÇÃO
-Art. 5º - Poderão participar da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, músicos, compositores e intérpretes nascidos e/ou domiciliados no Brasil e nos países integrantes do Mercosul, desde que respeitem este REGULAMENTO.
Parágrafo Único: Os artistas contratados para Shows Artísticos do evento não poderão partici­par como concorrentes ou artistas intérpretes.
-Art. 6º - O período para inscrições encerra-se impreterivelmente no dia 30 de abril de 2011. 
-Art. 7º - As inscrições devem ser encaminhadas para os seguintes locais:
- SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO E TURISMO: Av. Jorge Dariva, nº 1251 - Osório/RS – CEP: 95.520.000 – com a inscrição no envelope: 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA.
-Art. 8º - Cada autor poderá inscrever número ilimitado de composições.
Parágrafo primeiro: Não serão aceitas as composições com mais de 05(cinco) minutos de duração.

-Art. 9º - O concorrente deverá encaminhar uma ficha de inscrição para cada composição inscrita, devidamente preenchida e assinada, acompanhada de 07 (sete) cópias da letra, sem identificação dos autores, em envelope lacrado, contendo por fora apenas o título da composição e a linha em que pretende concorrer.
-Art.10 - Além da ficha de inscrição e das cópias da letra, os autores deverão encaminhar para a Comissão Organizadora da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, no momento da inscrição da música, um CD com a gravação da obra concorrente, em estúdio de livre escolha, com qualidade técnica necessária e indispensável para a TRIAGEM. (as músicas serão gravadas ao vivo nas duas noites do festival.)

INSCRIÇÃO VIRTUAL: Uma ficha de inscrição, que deve ser inteiramente preenchida e enviada por e-mail para tafonaosorio@brturbo.com.br, acompanhada de um Arquivo Word com extensão.doc contendo a letra sem identificação do(s) autor(es) e um Arquivo MP3 para cada composição sem qualquer tipo de identificação do(s) autor(es). 

-Art. 11: Os autores, depois de comunicados, terão que confirmar suas presenças no Festival por telefone, fax ou e-mail no prazo máximo de 24 horas, e enviar um termo com firma reconhecida do(s) autor(es) e acompanhantes da música classificada autorizando a gravação em CD sob pena de desclassificação a critério da Comissão Central, no prazo máximo de 7 dias, caso contrário será chamada a música suplente.
-Art. 12: Em hipótese alguma, haverá modificação dos créditos autorais (nomes dos autores e acompanhantes) das músicas integrantes do CD, em relação aos créditos preenchidos na ficha de inscrição no festival.

PARA AS MÚSICAS CONCORRENTES
-Art. 13 - As composições deverão ser inéditas até a sua apresentação pública na 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, sendo eliminadas em caso contrário.
-Parágrafo Único: Entende-se por inédita a música que nunca tenha sido editada ou gravada em disco comercial. Disco comercial – todo disco gravado, duplicado, replicado e distribuído em quantidade superior a 100 (cem) cópias. Entende-se por original a música não plagiada, tanto a melodia como a letra da composição;
.OBS: Caso venha a ser classificada alguma música que não seja inédita ou original e não sendo do conhecimento da Comissão Central, o interessado deverá apresentar documento e provas instruindo a denúncia até as 18 horas do dia 05 de maio à mesma Comissão, que julgará o mérito da questão de forma soberana.

SELEÇÃO – APRESENTAÇÃO
-Art.14 - Encerrado o prazo para inscrições, uma Comissão Avaliadora convidada pela Comissão Central da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, selecionará as 12 (doze) canções concorrentes, sendo 06 (seis) da Linha de Manifestação Riograndense e 06 (seis) da Linha de Pesquisa Litorânea. 
-Art.15 - A relação das composições classificadas, ordem e data de apresentação na 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, serão comunicados de forma individual aos seus autores, bem como pelos meios de comunicação.
-Parágrafo único: Cada compositor poderá classificar somente 02 (duas) composições de sua autoria ou em parceria com terceiros.

-Art.16 - As músicas selecionadas receberão a título de Direitos Autorais e Artísticos, o valor líquido de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais).
-Art.17 - O valor referente a Direitos Autorais e Artísticos será pago em parcela única, em horários estipulados pela Comissão Organizadora.
-Parágrafo primeiro: Os concorrentes que desrespeitarem o horário para passagem de som e/ou horário para apresentação no palco, serão penalizados em 50% (cinqüenta por cento) do valor previsto no Artigo 16º.
-Parágrafo segundo: O pagamento será feito à pessoa indicada na ficha de inscrição, sendo necessário que esta preencha todos os dados constantes na ficha de inscrição. A Comissão se reserva no direito de pagar as premiações, mas não estipula a forma de pagamento, podendo ser em dinheiro, cheque nominal ou similares.
-Parágrafo terceiro: O Festival não fornecerá alimentação nem hospedagem aos autores, intérpretes e músicos credenciados.

-Art.18 - Serão admitidos, no mínimo 03 (três) e, no máximo 10 (dez) integrantes em cada grupo concorrente, sendo de total responsabilidade do concorrente a seleção dos instrumentistas e instrumentos.
-Art.19 - Cada grupo ou instrumentista poderá atuar em até duas (2) composições concorrentes.
-Parágrafo primeiro: O intérprete poderá defender apenas uma das canções classificadas. 
-Parágrafo segundo: Exclusivamente na condição de instrumentista, o intérprete poderá atuar em somente mais uma das músicas concorrentes. 

-Art. 20 - As 12 (doze) canções selecionadas serão apresentadas na noite de sexta-feira – 27 de maio de 2011.
-Art. 21 - A Comissão Avaliadora classificará 08 (oito) canções, 04 (quatro) da linha de Manifestação Riograndense e 04 (quatro) da Linha Manifestação Litorânea, para retornarem ao palco na noite de 28 de maio de 2011 na condição de finalistas do festival.
-Parágrafo primeiro: A título de bonificação, as 08 (oito) canções finalistas receberão a importância de R$ 700,00 (setecentos reais), que serão pagos a pessoa indicada na ficha de inscrição e no horário estabelecido pela Comissão Organizadora.
-Parágrafo segundo: Após o término da apresentação das 08 (oito) canções finalistas, serão conhecidas as vencedoras da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA.
-Parágrafo terceiro: Todas as 12 (doze) músicas selecionadas para a 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA farão parte do Compact Disc (CD) do festival.
-Parágrafo quarto: A Comissão Avaliadora definirá, 2 (duas) vencedoras – 1 da Linha de Manifestação Riograndense e 1 da Linha de Manifestação Litorânea. 
-Parágrafo-quinto: Após a divulgação das vencedoras, estas poderão fazer novamente a apresentação no palco caso a Comissão Julgadora julgue necessário. 

-Art. 22 - No tocante a indumentária dos concorrentes este regulamento estabelece o seguinte: LINHA DE MANIFESTAÇÃO RIOGRANDENSE: Os concorrentes deverão trajar a indumentária típica do Rio Grande do Sul.
LINHA DE PESQUISA LITORÂNEA: Indumentária de acordo com o tema apresentado, desde que não seja desrespeitosa ao público, aos participantes e a Comissão Organizadora do festival.
-Parágrafo único: Em todas as situações serão proibidas as vestimentas e/ou adereços contendo caracteres publicitários e/ou de conotação política.

-Art. 23 - Após a abertura de cada uma das noites, os concorrentes deverão estar preparados para subirem ao palco, na ordem de apresentação, sob pena de desclassificação e perda da ajuda de custo. O início do Festival está previsto para as 20h30min.
-Parágrafo único: Na noite da grande final, 28 de maio de 2011, o início do espetáculo será antecipado para as 20 horas. 
-Art. 24 - Perderá automaticamente o direito ao pagamento dos Direitos Autorais e Artísticos, todo o concorrente que contrariar o disposto nos artigos 13, 17,18 e 19.

CREDENCIAMENTO - PREMIAÇÃO - DISPOSIÇÕES GERAIS
-Art.25 - A Comissão Central da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA concederá credenciais aos músicos, intérpretes e autores de letra e melodia das canções participantes do Festival.
-Parágrafo primeiro: Os classificados deverão enviar para o email tafonaosorio@brturbo.com.br a relação completa dos componentes que irão defender a canção para a confecção das credenciais e entrega na portaria, aqueles não informados deverão pagar seu ingresso no parque (automóvel) e não terão direito a reembolso.

-Art.26 - Os prêmios instituídos pela 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA são os seguintes:
1º LUGAR – LINHA MANIFESTAÇÃO RIOGRANDENSE - Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais)
1º LUGAR – LINHA PESQUISA LITORÂNEA – Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais)
TEMA OSORIENSE (Caso entre as classificadas, uma composição tenha um tema osoriense (definido pela Comissão Avaliadora) esta composição receberá troféu alusivo ao tema.
MELHOR INTÉRPRETE - Troféu + R$ 1000,00 (hum mil reais).
MELHOR MÚSICA NA OPINIÃO DO PÚBLICO: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais)
-Parágrafo único: A Música Mais Popular será definida através de votação do público na noite final do evento, expressada em cédulas distribuídas pela comissão organizadora. 

-Art.27 - Uma vez inscrito na 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA o concorrente autoriza a COMISSÃO ORGANIZADORA a divulgar, gravar e/ou reproduzir em caráter irrestrito a sua composição, por meio de CDs, DVDs (caso ocorra a gravação) e outras formas de divulgação, ressalvados apenas os direitos autorais pertinentes e previstos em legislação específica.
-Parágrafo Único: a inscrição autoriza, ainda, o uso irrestrito de imagem dos concorrentes e músicos que o acompanham.
-Art.28 - A COMISSÃO ORGANIZADORA, bem como a COMISSÃO AVALIADORA, serão inteiramente responsáveis e soberanas em suas decisões, sendo estas irrecorríveis.
-Art.29 – A COMISSÃO AVALIADORA será constituída por 5 (cinco) pessoas de comprovada capacidade técnica e de grande expressão no cenário da música e da cultura gaúcha, podendo haver eventuais substi­tuições desses integrantes, a critério da Comis­são Organizadora do festival. Sendo vedada a participação de funcionários do CTG Estância da Serra e da Prefeitura Municipal de Osório.
-Art.29 - Quaisquer omissões e/ou dúvidas neste REGULAMENTO serão examinadas e resolvidas, soberanamente, pela COMISSÃO ORGANIZADORA.

INFORMAÇÕES: 
(51) 3663.8294 (Prefeitura)– (51) 96543927 (Julio Ribas)
tafonaosorio@brturbo.com.br

Fonte: www.jornalnh.com.br/abcdogacucho


Neste blog, tu encontrarás notícias sobre: a cultura do Rio Grande do Sul, CTGrodeiobaileprendapeãocavalosfestas típicasfestivais de músicaagenda de artistasturismo e muito mais...

        Você sabia? O Blog da Pithan Pilchas é atualizado todos os dias, por isso recomendo que siga nosso TWITTER (@pithanpilchas), RSS FEEDFACEBOOK ou cadastre seu endereço de e-mail para receber nossas atualizações por e-mail.
Assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!

0 comentários:

Postar um comentário

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS
COMPRE SEU LIVRO NA PITHAN PILCHAS: CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS
Related Posts with Thumbnails