Olá, tudo bem? Obrigado por visitar-nos. Queremos divulgar nossa tradição não só no Rio Grande, mas aonde houver um gaúcho. Se gostares do blog, divulgue para tua lista de contatos. Aproveite a visita ao blog, deixe seu RECADO, COMENTE nossos posts, olhe nossos PRODUTOS e seja um SEGUIDOR.

Faça seu pedido

Dicionário do Rodeio

Olá Caro leitor, se quiseres acompanhar nossos artigos, assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!
Conheça alguns termos comumente usados em rodeios:


Abeia braba – É o peão fraco, que não consegue ficar em cima do animal
Aguado – Animal estressado, cansado, que não pula na montaria.
Ajeitado – Bonito
Apelo – Algum tipo de falta cometida pelo cowboy na montaria.
Apurrinhado – Touro ou cavalo bom para rodeio.
Baixeiro – Manta/protetor de tecido usado entre o dorso do animal e o arreio.
Barreira – Fita que delimita o início da prova e que não pode ser “queimada”.
Berrante – Instrumento feito de chifre de boi com detalhes em couro. Emite sons agudos e graves, que a cada toque é uma senha: avisa a hora do almoço, toque de perigo e orienta o sinoeiero.
Bicharedo – Pessoa legal.
Bitelo – Boa pinta
Boqueta – Coisa ruim.
Brete – Local onde ficam confinados os animais antes da prova e onde são preparados para montaria.
Bruaca – Mala de couro, estilo baú, na qual as comitivas levam seus mantimentos e talheres.
Cabeceira – Excelente cowboy.
Cancha – contar vantagem.
Caneca de dente – É uma caneca com suas bordas serrilhadas, usada somente para pegar água do recipiente. Estas serrilhas são propositalmente feitas para que impeçam as pessoas de levarem a caneca à boca.
Carregado – Quem usa roupa country com muitas franjas e bordas.
Cavalo veiaco – Cavalo de difícil montaria.
Cavalo xucro – Animal selvagem, que não dá doma.
Cernelha – Parte do animal selvagem entre a crina e o dorso.
Chaiene – Mulher bonita.
Chaparreira – Calça de couro com franjas usadas pelo peão por cima do jeans durante a montaria.Chique até – Pessoa bem vestida ou algo bem bonito.
Chique no “úrtimo” – Algo muito bom.
Coiote – Copinho de cabaça para tomar pinga.
Comitiva – Grupo de peões que antigamente levava o gado das fazendas para os frigoríficos. Faziam parte da comitiva o cozinheiro, responsável pela bóia ou rango (comida), e o berranteiro, que orientava o gado e seus companheiros ao toque do berrante.
Consolação – Cachê recebido pelo peão.
Corda americana – Corda usada para envolver o touro. É toda trançada onde o peão segura amarrando-a na luva. Eles passam breu na corda para dar maior aderência. Corote – tonel de madeira para colocar a pinga.
Crioulo – Estilo gaúcho de montar, não usando arreio e segurando apenas na crina do cavalo.
Cumpa – amigo.
Cutiano – É um instrumento de couro usado para montaria, que também dá nome a um estilo de montaria.
Dar febre – Incomodar, dar trabalho e preocupação.
Dirrubada – Péssimo rodeio.
Duro de boi – Peão bom.
Escorpião no bolso – Cowboy pão-duro, não gasta com nada, mão-de-vaca.
Espiritado – Pessoa agitada. Pode ser usado também para cavalos e bois.
Estribo – Lugar onde o cowboy coloca os pés.
Fantasma – Peão medroso, que tem medo do animal.
Fervo – Festa boa.
Gineteada – Ato de montar e esporear.
Ginete – É o nome dado aos peões.
Guaiaca – cinto de couro que possui várias partes para colocar moedas, canivete, dinheiro.
Guampo – Copo feito de chifre para se beber água.
Ir pro Goiás – O mesmo que levar um calote.
Jogar pedra nas pombinhas – Segurar vela, atrapalhar a paquera de alguém.
Lagarta de algodão – Termo usado quando o cowboy quase se machuca durante a montaria.Loro – correia onde se prende o estribo.
Madrinheira ou madrinheiro – Pessoa responsável pelo resgate dos competidores na arena após a montaria.
Mala-de-louco – Peão que não tem estilo, mas que consegue parar no animal.
Manta – Bife grosso.
Mofete – Pessoas chatas.
Moiá as palavras – Tomar cachaça.
Negar pulo – Quando o animal empaca no meio da arena, se recusa a pular.
Palhaço salva-vidas – Profissional que fica distraindo os animais na arena após a montaria dos peões, reconduzindo-os aos bretes.
Pamonha – Premiação do rodeio.
Peia – Corda usada para amarrar o animal.
Peiteira – Apóia no peito do animal para equilíbrio do peão.
Peseiro – Quando o peão laça o animal pelo pé.
Pialo – Tombo.
Pito – Saliência da parte dianteira da sela western (cabeça), onde se amarram os laços, ponto de apoio do laço na parte posterior da sela.
Polaco – Sinos de metal colocados no touro para irritá-lo.
Queixo-duro ou queixudo – Animal que não atende aos comandos das rédeas (correia para comandar as cavalgadas).
Sedém – Cinta que se amarra na virilha do animal, de crina e pêlo, provocando cócegas e fazendo que ele pule.
Sedém no talo – Calça jeans bem apertada.
Sinueiro – Boi experiente que comanda a manada, esperto, chefe da tropa.
Tá no náilon – mulher conquistada.
Traiado ou “na traia” – adepto de roupa country legítima e completa.
Trempe – Chapa de fogão dobrável usada nas comitivas.
Tropa – Grupo de cavalos e touros de aluguel para os rodeios.
Tropeiro – Dono das tropas.
Vazar – Ir embora.
Isso não vira não – Não vai dar certo.
Cê é um raio né! – Você é rápido.
Tem base? – Dá pra acreditar?
Assine o FEED ou receba os artigos por EMAIL. Siga o blog no TWITTER!

0 comentários:

Postar um comentário

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS

Promoção LIVROS na PITHAN PILCHAS
COMPRE SEU LIVRO NA PITHAN PILCHAS: CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS
Related Posts with Thumbnails